VIAGEM SEM VOLTA

SINOPSE

Sérgio é um grande fotógrafo de moda na Itália e Giovana uma designer brilhante. Casados há sete anos, passam por uma crise conjugal. Ele acaba de  receber  mensagens  de  uma  possível  amante,  identificado  pela  letra  R. Giovana descobre as mensagens e  percebe  que ele  está tendo um  caso  com outra mulher.  Após  semanas  desgastados na relação, Sérgio a convence de que não foi nada sério, foi somente um desejo forte, mas que passou, que a ama e quer buscar  uma  reaproximação.   Então   compra  passagem  para   uma  segunda  Lua  de  Mel   com  destino  ao   Brasil – Fortaleza/CE onde está acontecendo uma exposição  sobre Orson  Welles. Só  que  nesta  viagem  sem  volta,  Giovana conhece um cara incrível, Rafael, e juntos vivem momentos de prazer intenso. Apaixonada, ela descobre que  Rafael  é
a pessoa que escrevia as cartas para seu marido. Envolvida em  um  triângulo  amoroso doentio e  perigoso,  tenta  sair, mas já não tem mais volta.



“Viagem Sem Volta” é um filme centrado em relações humanas: o não limite entre  o  amor,  o  desejo e o sexo. Ciúmes,  um  amor  platônico  e  um  jogo  de sedução diabólico com crueldade. Há diversos eixos temáticos abordados neste filme, como o descontrole emocional que pode destruir  uma vida,  o deixar  ser levado pela sedução também pode ser bem perigoso e até que ponto podemos confiar  em  quem  está  ao  nosso  lado?  Assim  como  também  o  desejo  pelo desconhecido pode ser uma psicopatia.

Um filme belo, com paisagens exuberantes e trama muito bem amarrada. Três personagens
principais e duas cidades incrivelmente lindas. Roma é onde começa o romance e Fortaleza, onde
termina o drama. Os personagens estão sempre próximos ao abismo. No início, tudo parece ser uma
história de amor e finaliza como uma história de vingança e suspense. Duas narrativas
completamente diferentes, em Roma uma levada mais clássica, movimentos leves de câmera, planos
mais lineares, uma fotografia mais quente e alegre. Já em Fortaleza, uma narrativa mais tensa, mais
ágil, foco mais nos personagens do que no visual. Durante a parte final, quando o triângulo se
forma, teremos alguns Flash Back que nos levarão ao início do filme a fim de contar ao espectador
como realmente as coisas aconteceram.